A Península Valdés é um lugar único no mundo, um refúgio de vida silvestre na Patagônia Argentina, declarado como Patrimônio da Humanidade em 1999 pela Unesco e é uma importante área de proteção da fauna aquática.

Seu território recebe anualmente a maior população de baleias Franca-Austral do mundo. Além disso, é um importante ponto de observação de orcas, pinguins, leões e elefantes-marinhos, golfinhos e uma incrível variedade de aves.


Península Valdés na Patagônia Argentina | Foto: @mapadomato.info

O que fazer na Península Valdés

Centro de Visitantes

Sua primeira parada é no Centro de Visitantes. Lá, você pode conhecer toda a história da Península de Valdés — dos habitantes indígenas originários, passando pela colonização, caça predatória de animais marinhos, criação de ovelhas, até o momento atual.  

Há um inventário visual e informativo de toda fauna existente, esqueletos, maquetes, fotos e peças arqueológicas com detalhes sobre a fauna.

Dica: Não deixe de carimbar seu passaporte!
Mapa e Calendário da Penísula Valdés na Patagônia Argentina

Mirante da Ilha dos Pássaros (Isla de los Pájaros)

Ilha dos Pássaros na Península Valdés | Foto: @peninsulavaldesoficial

Localizada a 5 km do Centro de Visitantes, no Golfo San José, o acesso se dá por estrada de rípio. A ilha abriga uma grande diversidade de aves, onde é possível saber de todas as espécies no Centro de Visitantes. A maior atividade na ilha é na primavera, época de reprodução das aves. Não se pode visitar a ilha, mas do mirante é possível apreciar uma bela paisagem e no pôr do sol, avistar várias aves (a dica é levar um binóculo).

Dizem os moradores de Puerto Pirâmides que Antoine de Saint-Exupéry sobrevoou a ilha e se inspirou no formato para o desenho mais famoso do livro "O pequeno Príncipe", o desenho do chapéu ou a cobra que engoliu o elefante.

Punta Norte — Mirante de leões e elefantes marinhos

Punta Norte e os leões marinhos na Península Valdés | Foto: Reinhard Jahn, Mannheim

É o ponto mais distante que se pode chegar na Península de Valdés. Localizado a 80 km de Puerto Pirámides, por estrada de rípio, está a colônia de leões e  elefantes-marinhos. Também é conhecida pelos avistamentos de orcas, que durante os meses de março e abril, realizam seus espetaculares encalhes intencionais.


Caleta Valdés — Mirante de Pinguins de Magalhães e de Elefantes-Marinhos

Pinguim de Magalhães na Península Valdés | Foto: Puerto Pirámides

Localizado a 75 km de Puerto Pirámides (por rípio), Caleta Valdés é o ponto para avistar os pinguins de Magalhães, que do final de setembro a meados de abril, se reproduzem na costa. Um verdadeiro berçário de pinguins 😍.

Estão tão acostumados com turistas que ficam bem próximo ao mirante, a distância de um palmo. Quando visitamos, os filhotes já estavam saindo do ninho para o banho de sol (muito fofo) ❤️. Resista a tentação, é proibido tocar nos animais ou pular a cerca para fotografá-los.

O esquadrão de gaivotas que passam dando rasantes pelas encontas também é algo lindo de se ver.

Esquadrão de Gaivotas na Península de Valdés | Foto: @xtnautas

Um pouco mais ao sul, em Punta Cantor, você pode visitar a colônia de elefantes-marinhos que anualmente vêm para a costa para a reprodução e troca de pele. Esta área possui lanchonete e banheiros públicos.

Elefantes Marinhos na Península Valdés | Foto: Puerto Pirámides
Na lanchonete, você pode adquirir um belo mapa histórico da Península de Valdés e da Patagônia. O lanche é honesto e com bom preço.

Punta Pirámides — Mirante das Baleias e Leões Marinhos

Baleia Franca Austral na Península Valdés | Foto: Kartenn

Localizada a poucos quilômetros de Puerto Pirámides, no Golfo Novo, está o mirante das baleias. A baleia Franca-Austral é facilmente reconhecida pela calosidade em sua cabeça e por usarem a cauda para pegar vento; ela permanece com a cauda para cima por tempo considerável 😍.

Seguindo por uma trilha, se chega ao mirante da colônia de Leões Marinhos. Para saber todos os pontos de visitação da Península, acesse nosso mapa:

Mapa do Mato: mapeando os atrativos turísticos do Brasil e das Américas
Estamos na estrada, mapeando os atrativos turísticos do Brasil e em breve nas Américas! Dá uma olhada no nosso mapa.


Puerto Pirámides — o único vilarejo da Península Valdés

A vila é pequena, mas oferece todos os serviços necessários para sua estadia: hospedagem (hotéis, hostel e camping), restaurantes, posto de combustível e agências para passeios náuticos e terrestres, incluindo mergulho, nas diferentes temporadas, para apreciação da fauna marinha.

No verão, a cidade está lotada, é preciso agendar sua hospedagem, inclusive o camping, com antecedência. Nós não sabíamos sobre o agendamento no camping e fomos na primeira semana de janeiro, e claro, não havia lugar.

Só é permitido acampar no camping em Puerto Pirâmides. Não é permitido acampar e nem pernoitar em outros lugares da Península Valdés. Embora vários viajantes façam isso, há placas proibindo a prática, principalmente por conta dos incêndios. Nós presenciamos um incêndio acidental na saída da Península, que só foi controlado após 4 dias. Por isso, vamos respeitar as regras.
Fogo na Península de Valdés | Foto: @xtnautas

Quer saber mais sobre as atividades náuticas, hospedagem e outros serviços em Puerto Pirámides, acesse: https://www.puertopiramides.gov.ar/


Guanaco na Península Valdés | Foto: Roberto

+ Península Valdés: Apesar de não ser o principal atrativo da Península, é possível avistar pela estrada de rípio, muitos guanacos e ovelhas Merino. Além de apreciar o mar azul de toda a costa, algo espetacular.

Há ainda, praias e mirantes que só é possível acessar caminhando ou de barco, como é o caso da Cuevas de Puerto Pirámides - onde há cavernas que se formam no paredão, e a praia de Pardelas. A primeira é acessada por uma trilha de aproximadamente 3 km a partir o centro da cidade de Puerto Pirámides

Vale a pena programar dois ou três dias para visitar toda a Península e dormir em Puerto Pirámides.

Como funciona: A Área Natural Protegida da Península Valdés está aberta a visitação durante todo o ano. Você pode obter informações atualizadas aqui: https://peninsulavaldes.org.ar/

  • É proibido descer com animais de estimação nos pontos de visitação.
  • É proibido acampar na Península. Permitido apenas em Puerto Pirámides.
  • É proibido alimentar animais silvestres.
  • A ingresso é pago.

Qual a melhor época para visitar: De setembro a novembro você terá mais oportunidade de avistar pinguins, baleias, orcas, leões e elefantes-marinhos 😜. Dá uma olhada no calendário (no começo do artigo).

Como chegar: Localizador do Centro de Visitantes — https://goo.gl/maps/tMCr6NhcbR9iXRog9

Quanto custa: Em 2022, o valor de ingresso para estrangeiros custava $1.600 (pesos argentinos) por pessoa, aproximadamente $10 dólares americanos. Para tarifas atualizadas acesse: https://peninsulavaldes.org.ar/tarifas/

Contato: 54 (280) 4450-489 | administracion@peninsulavaldes.org.ar | https://www.facebook.com/AANPPV | @peninsulavaldesoficial


Gostou do artigo? Alguma dúvida? Fale com a gente pelo Instagram.

Siga @mapadomato.info no Instagram