Poxoréu é um pequeno município de Mato Grosso, situado a 240km de Cuiabá, cercado de beleza cênica. O turismo em Poxoréu ainda é incipiente, mas muito promissor. A região é rodeada por morrarias que contribuem para a formação de mirantes e belas cachoeiras, propiciando passeios, trilhas e descoberta de novas paisagens.

O povo de Poxoréu é festeiro, é sertanejo que gosta de viola e cavalgadas. Contam, na história da cidade, que a primeira leva de moradores da Vila de São Pedro - que mais tarde seria chamada de Poxoréu - foram de nordestinos em busca dos diamantes. E "o sertanejo é, antes de tudo, um forte", já dizia Euclides da Cunha, e essa força é presente nas tradições populares da cidade.

Não é por acaso que um dos maiores festejos populares seja a Festa de São João (padroeiro da cidade), que inclui além de celebrações religiosas, a quermesse e a Cavalgada Rumo às Origens. A cidade também organiza, há mais de 15 anos, o Encontro de Violeiros de Poxoréu - um festival nacional que reúne artistas de todo Brasil.

Como somos apaixonados por água, o nosso roteiro turístico em Poxoréu começa com cachoeiras. No trajeto, você aproveita e conhece alguns pontos de interesse, como morros e mirantes. Dá uma olhada no nosso mapa Rota das Águas e veja os atrativos de Poxoréu.

As cachoeiras de Poxoréu

Complexo de Cachoeiras do Lucas

Uma das 7 quedas - Foto de @welintonmendess

É um dos lugares de Poxoréu mais famosos pelas redes sociais. São 7 quedas, que se formam ao longo do Córrego Grande, na região do Barro Branco. Todas as quedas são próximas umas das outras, e a maior delas tem quase 100m de altura. O percurso todo (ida e volta) tem aproximadamente 1.5km de trilha leve. Porém, a última cachoeira, de maior queda, não é aconselhado descer.

A complexo fica em propriedade privada. No entanto, está aberta à visitação das 7h às 18h.  A entrada é livre, não há cobrança (até 2020).

Por estar numa fazenda que permite a livre visitação, vale a cordialidade, o bom uso, sem danificar a natureza, sem som, sem lixo pelo caminho. Lembre-se: Não Deixe Rastros

Como chegar: https://goo.gl/maps/m6AXhPMuaMCKvKXBA

Considere a contratação de um condutor local para aproveitar o máximo o passeio. Nós indicamos o Márcio Sol, que conhece bem a região e pode fazer um roteiro bem legal, para aproveitar o máximo da estadia na cidade.

Cachoeira Pedra Furada

Cachoeira Pedra Furada - Foto de @welintonmendess

A cachoeira da Pedra Furada tem uma queda de aproximadamente 10m de altura e é formada pelo Córrego do Alcantilado. A região do Alcantilado é uma dos cenários mais bonitos de Poxoréu. Lá também está localizada a comunidade da Raizinha e o Buraco da Mundica.

A cachoeira está em propriedade privada, aberta à visitação, com entrada livre. Lembrando que é preciso respeitar o local. Não deixe lixo. Leve tudo de volta, no porta malas do seu carro, lá não passa caminhão de lixo e nem tem funcionário para limpar o local.

Como chegar: https://goo.gl/maps/PswTstuTRbyaeHmaA. A trilha para chegar à cachoeira é de aproximadamente 50m à partir da estrada.

Comunidade e cachoeira da Raizinha

A cachoeira da Raizinha fica na bucólica Comunidade Histórica Raizinha, que ainda hoje mantém casas feitas de adobe. Contam os historiadores, que um dia as mulheres da região foram buscar barro para fazer as paredes de casa, de adobe, como as que ainda existem hoje.  Ao arrancarem os capins para retirar o barro abaixo da raiz, elas encontraram diamantes presos nas raizinhas do capim e assim, o lugar ficou conhecido como Raizinha.

A cachoeira é formada pelo Córrego São Paulo e tem 30 metros de queda. Para chegar é preciso fazer uma trilha de aproximadamente 1,5km. Durante o trajeto, é possível observar resquícios da atividade garimpeira e um antigo cemitério.

Cachoeira da Raizinha - Foto de @welintonmendess

Próximo à comunidade, também existe o Abrigo dos Pezinhos, um sítio arqueológico com marcas de pés em uma rocha com elevação de 1,60m. Foi aberto recentemente para visitação guiada. Atualmente, o Márcio é o único que tem autorização para levar visitantes na área.

Atualmente, há cerca de 10 moradores na comunidade - herdeiros dos antigos garimpeiros. Aos finais de semana, a comunidade é bem frequentada pelos familiares e descendentes dos antigos moradores. O local tem visitação livre, lembrando que cordialidade e respeito à natureza são pré requisitos para a visita.

Como chegar: Segue o localizador da Comunidade: https://goo.gl/maps/9RnutV3Pd3nbderT7.

Já os trilheiros, podem dar uma olhada no Wikiloc.

Cachoeira do Porto

Uma das 3 quedas - Foto de @welintonmendess

A cachoeira do Porto está no limite entre os municípios de Juscimeira e Poxoréu. são 3 quedas d'agua, formadas pelo rio Areia. Elas estão bem próximas uma das outras e são de fácil acesso. São ótimas para banho. A cachoeira do Porto fica localizada a 28km de Poxoréu e são 6km de estrada de chão.

Eles não vendem alimentos, apenas bebidas e alugam churrasqueira por R$15. Para aqueles que gostam de acampar, a taxa de pernoite é de R$10 por pessoa.

Horário de Funcionamento: Todos os dias, a partir das 6h30 da manhã

Quanto custa: R$5,00 (2020)

Como chegar: Acesse o maps https://goo.gl/maps/ZBAA1ufjQWJfTXgV7

Contato: Lucas Alves 💬 (66) 9 9925-5620

Cachoeira Encantada

Uma das cachoeiras mais procuradas por aventureiros. Muito utilizada para a prática de rapel. É formada pelo Rio Corguinho, são aproximadamente 70m de altura, com duas quedas sobrepostas. Está localizada a 37km de Poxoréu, entre morros.

A cachoeira está em propriedade privada, não há cobrança de entrada, mas, pelo perigo do lugar, é indicado a visitação com guia/ condutor.

Trilheiros, dêem uma olhada aqui: https://pt.wikiloc.com/trilhas-carro/poxoreo-cachoeira-do-corguinho-37915272

Complexo Cachoeiras dos Pingas

Está localizada na região do Morro dos Pingas, a 20km de Poxoréu. Para chegar é preciso enfrentar 3km de trilha em mata preservada, à partir da sede da Fazenda. São 9 quedas, formadas pelo córrego Bororo e a trilha possui alguns trechos bem íngremes, sendo considerada moderada.

O passeio dura cerca de 3h, ainda não tem taxa de entrada, mas é recomendado fazer com guia, por dois motivos: a trilha é bem longa e precisa de autorização para entrada.

Para os trilheiros de plantão, dêem uma olhada no wikiloc: https://pt.wikiloc.com/trilhas-trekking/cachoeiras-do-pinga-38241113

Rio Cristalino Aldeia Dom Bosco

Rio Cristalino - Foto de @welintonmendess

Rio Cristalino que fica dentro da TI Sangradouro, reserva indígena da etnia Xavante, na aldeia Dom Bosco. O rio Cristalino faz jus ao nome. A água é cristalina em tons azulados por conta do calcário, conta com muitas espécies de peixes e a água possui uma ótima temperatura. Ele deságua no Rio das Mortes, e neste encontro, fica muito nítida a diferença de coloração dos dois.

O grande desafio é conseguir chegar até lá e conseguir autorização para isso. O Márcio Sol, faz o passeio, no entanto, devido a Pandemia, não tem previsão de autorização de entrada na área indígena.

Mirantes em Poxoréu

Morro da Mesa

É o cartão postal da cidade. Está a 700m de altura. Para subir, a trilha é íngreme, mas a dificuldade é compensada pela paisagem. Próximo ao Morro da Mesa está o Morro dos Manos e o mirante Morro dos Currais.

Do mirante Morro dos Currais é possível contemplar o Morro da Mesa e dos Manos, dá uma olhada nessa vista. A visitação é livre, sem entrada e a recomendação, como todos sabem, é: Não deixe lixo, não destrua a natureza.

Foto de @welintonmendess

Outros mirantes

Saindo da cidade de Poxoréu, em direção à cachoeira do Porto, existem outros mirantes e formações rochosas, como o mirante do Morro do Catete, o mirante do Morro do Tarquinio, e o Vale das Tartarugas. Esse último, conta com formações rochosas que ao longo to tempo formaram um 'casco de tartaruga'. Todos têm visitação livre e são de fácil acesso. Dê uma olhada no nosso mapa Rota das Águas e veja os atrativos.

Uma das regiões mais bonitas é o Buraco da Mundica, com um conjunto de canyons que reúne vários morros e serras exuberantes, com vegetação típica de cerrado e córregos históricos do município, como o Córrego Alcantilado e São Pedro. Está próximo a Comunidade da Raizinha, e tem um mirante no local. Porém, a visitação é feita apenas com guia.  

Região do Alcantilado - Foto de @welintonmendess

Foi nessa região que, no dia 24 de junho, os primeiros expedicionários encontraram 7 xibius - pequenos diamantes, às margens de um córrego. A esse riacho deram o nome de Sete, começando com o ciclo do diamante na cidade.

Os indígenas da região

A região de Poxoréu foi ocupada pela etnia Boé-Bororo. Jarudore, é um desses territórios que Rondon reconheceu e demarcou. No decorrer dos anos, com a chegada dos migrantes, indígenas e não-indígenas, foram dividindo o território, que hoje é habitado por ambos.

É nessa região que estão alguns atrativos de Poxoréu, como o Morro do Coelho, o Morro da Janela (sítio arqueológico) e o Morro da Taba, esse último, tem esse nome em referência a uma antiga aldeia que ficava nos arredores.

Mais atrativos em Poxoréu

Poxoréu tem muitos atrativos naturais e culturais, que não listamos aqui. A região é repleta de sítios arqueológicos e grutas, muitos rios e cachoeiras que estão em propriedades particulares e ainda com visitação restrita. Para aqueles com interesse por sítios arqueológicos, conheça um pouco mais AQUI.

No município também existem dois balneários de Águas Quentes, o Damasceno e o Buritizal. E, entre os atrativos culturais, se destacam a Festa de São João, a Cavalgada Rumo às Origens e o Encontro Nacional de Violeiros, que iremos destacar em outro artigo sobre Poxoréu.

Guia de Turismo em Poxoréu

Muitas agências de Cuiabá fazem passeios para Poxoréu. Mas, na cidade, existe um condutor de turismo local, conhecido com Márcio Sol. Com 48 anos e 10 anos conduzindo estudiosos e aventureiros,  é um das pessoas mais qualificadas, pelo vasto conhecimento que tem da região. Além de cursos de primeiros socorros, bombeiro civil e brigadista, é um ambientalista atuante na cidade, considerado protetor dos animais e das florestas.

Muito prestativo, basta você dizer o seu interesse e ele cria um roteiro todo personalizado, nós fizemos isso para um passeio de 4x4, com camping. Os valores são acessíveis, em 2020 o valor é de R$30 por pessoa/passeio. Grupos grandes e com mais de um passeio por dia, é possível negociar.  Para falar com ele entre em contato com: 💬 (66) 9989 4716


Esse artigo não seria possível sem a colaboração de Welinton Mendes e Márcio Sol.🙏